O zagueiro Tiago Cortes, do Guarany, de Bagé, morreu nesta segunda-feira em Florianópolis, informou o clube em suas redes sociais. Aos 22 anos, o atleta disputava a Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho, equivalente à segunda divisão.

De acordo com informações preliminares, o jogador teve um mal súbito durante sessão de fisioterapia à tarde na capital catarinense, sua cidade natal. O presidente Tato Moreira conta que ainda pela manhã Tiago entrou em contato com a direção para falar sobre o procedimento. Ele se recuperava de um problema em um dos joelhos.

– Fiquei perplexo. Ainda de manhã ele (Tiago) entrou em contato conosco para falar sobre a fisioterapia. Não tem como não se chocar. Falei com a irmã dele e coloquei o clube à disposição da família – relata Moreira ao GloboEsporte.com.

Conforme o presidente do Guarany, o zagueiro passou por todos os exames médicos obrigatórios no início da temporada e nada de anormal foi detectado. Nas três rodadas da Divisão de Acesso até a parada por conta do novo coronavírus, Tiago havia participado do último jogo – empate em 2 a 2 com o Inter-SM.

– No pouco tempo que trabalhou conosco, deu para ver que era um guri do bem. Não complicava em nada. Trabalhava e ia para a igreja. Sem estresse. Na gíria do futebol, era “puxador de fila”. Ia nos ajudar para caramba. Estamos todos consternados – acrescenta Moreira.

Antes de chegar ao Guarany, Tiago conquistou o vice-campeonato da mesma Divisão de Acesso em 2019, pelo Esportivo, e garantiu o acesso à elite. Ainda passou pelo Linense. No momento, estava liberado pelo clube por conta da suspensão da competição, que tem previsão de retorno para agosto.

Com Clickpb

Deixe seu comentário