Cristiano Ronaldo está cada vez mais perto de fazer parte de um time para lá de restrito. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, o craque da Juventus se aproxima de se tornar o primeiro jogador de futebol bilionário.

Segundo a publicação, mesmo em meio à pandemia do coronavírus, na qual os prejuízos financeiros são sentidos em todo o mundo, o atleta de 35 anos tem se mostrado cada vez mais rentável. Isso por causa de sua conta no Instagram, onde costuma fazer muitos posts patrocinados.

Apesar da redução drástica dos salários de todos os atletas da Juventus durante a pandemia, é nesse momento em que Cristiano se aproxima da marca de um bilhão de dólares.

A imprensa internacional lembra que o seleto clube dos esportistas bilionários é composto apenas pelo ex-boxeador Floyd Mayweather e o golfista Tiger Woods. Com o inevitável acúmulo do primeiro bilhão de CR7, ele passará a ser o terceiro membro dessa lista.

Apenas no ano de 2019, o português acumulou 109 milhões de dólares, cerca de R$ 556 milhões.

Atualmente, Cristiano Ronaldo tem o segundo maior salário de jogador de futebol do mundo, perdendo apenas para o argentino Lionel Messi.

No entanto, seus ganhos com publicidade, patrocinadores e uso de redes sociais são enormes. Ano passado, ele acumulou 44 milhões de dólares (R$ 224,7 milhões) extras com propaganda.

Além disso, os posts publicitários de CR7 em sua conta no Instagram renderam aos cofres do atleta mais de 46 milhões de dólares, o equivalente a mais de R$ 248 milhões.

Com toda essa fortuna, o craque atualmente está hospedado em uma luxuosa mansão na Ilha da Madeira, em Portugal, onde passa a quarentena ao lado de seus familiares.

Apesar da incerteza de quando o futebol retorna, Cristiano Ronaldo tem se dedicado bastante a treinos físicos durante a parada. Ele, inclusive, tem utilizado seu Instagram para registrar esses momentos.

Na atual temporada, ele já disputou 32 jogos e marcou 25 gols, sendo 21 deles no Campeonato Italiano, onde a Juventus é líder e busca o seu nono título seguido.

Além de Cristiano Ronaldo, outro jogador de futebol já atingiu o status de bilionário. Mas não por causa do que faz em campo. Trata-se do francês Mathieu Flamini, que atuou por Arsenal e Milan e atualmente está sem clube. Alguns anos atrás, ele fundou uma empresa de energia considerada inovadora na área de sustentabilidade. Hoje em dia, a empresa está avaliada em mais de (pasmem) 30 bilhões de euros, o equivalente a mais de R$ 167 bilhões.

Deixe seu comentário