Edson Fachin negou há pouco um pedido de Lula para suspender a ação penal na qual é acusado de corrupção no recebimento de um terreno da Odebrecht para sediar seu Instituto.

A defesa quer acesso integral ao acordo de leniência da construtora com o Ministério Público, para verificar as provas entregues.

Pediu a suspensão do processo para poder se contrapor à acusação antes da sentença, que estaria prestes a ser proferida.

O ministro negou o pedido, mas pediu a Luiz Antonio Bonat que verificasse se pode dar acesso mais completo ao acordo.

Noticias ao minuto

Deixe seu comentário