Silvio Santos pune Rachel Sheherazade após polêmica com carcereiros

single-image

Após dar diversas opiniões políticas contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL), a jornalista Rachel Sheherazade foi punida por Silvio Santos. A âncora do SBT Brasil deixará de apresentar o jornal às sextas-feiras a partir de hoje, 9 de agosto.

O caso aconteceu porque representantes do Sifuspesp (Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo) estiveram no SBT na última segunda-feira, 5, para reclamar de um vídeo intitulado “Monstros contra Monstros”, no qual Rachel falou sobre o massacre no presídio de Altamira, no interior do Pará, que resultou em 57 mortos, 16 por decapitação. Ela chamou os carcereiros de “monstros”.

Os representantes se irritaram com o discurso da jornalista em seu canal no YouTube, e exigiram que a emissora emitisse um comunicado oficial dizendo que não compactua com as opiniões expressadas por Sheherazade. O pedido de posicionamento não foi ouvido, mas Silvio Santos assistiu ao vídeo e decidiu punir a jornalista.

“Primeiro por desrespeitar os agentes penitenciários do Estado de São Paulo e de todo o país ao generalizar a atuação de alguns como se representassem o todo”, diz a carta.

“Em segundo lugar, ao generalizar o caso para desferir críticas aos agentes penitenciários, a jornalista Rachel Sheherazade deixou de lado tanto o respeito à categoria, como esqueceu o profissionalismo e um dever básico de todo jornalista: a checagem de informação”.

Com Clickpb

Leave a Comment

Your email address will not be published.